Na sua empresa provavelmente você já passou por situações em que algumas interfaces de seu dispositivo em poucas horas teve grandes devoluções de pacotes. Nesta situação é necessário averiguar quais são as causas raízes e diferenciar o erro do descarte.

Primeiramente, quando se deparar com erros ou devoluções dentro de seu sistema de gerenciamento de rede, você precisa perguntar a si mesmo duas perguntas:

  1. a) Você confia no NMS?
  2. b) Você está vendo todas as questões sobre essas interfaces?

Menciono confiando seu NMS primeiro pois existe casos em que o software de gerenciamento de rede causa deturpação a estas estatísticas. Se o seu software é o SolarWinds Network Performance Monitor, então você pode pular esta parte.

Quando se trata da segunda questão, o que quero dizer é que, se você não tinha percebido estatísticas acumuladas sendo relatados em seus NMS Como você percebeu está alteração em sua interface? Ou caso a quantidade de erros e descartes são relativamente baixo, então você pode apenas observar se o mesmo não irá aumentar.

Mas vamos supor que você decidiu ir investigar essas estatísticas. Uma coisa muito importante a entender é que há muita diferença entre os descartes e os erros.

Erros indicam pacotes que foram recebidos, mas não puderam ser processados ​​porque houve um problema com o pacote. Na maioria dos casos, quando você está vendo os erros de entrada em uma interface do roteador o problema é a cima desse dispositivo. Poderia ser um cabo ruim, má configuração de um lado ou do outro, ou etc. Na maioria dos casos, esses problemas são resolvidos fora do roteador onde você está vendo os erros.

Com os descartes, a situação é quase o oposto. Os pacotes foram recebidos sem erros, mas foram despejados antes de ser passado para um protocolo de camada superior. Uma causa típica de descarte é quando o roteador precisa recuperar algum espaço de buffer. No caso das devoluções, o problema é quase sempre com o roteador que está relatando as devoluções.

Agora que ficou claro a diferença entre as duas situações que podem estar ocorrendo em seu ambiente, aproveito para indicar um dos recursos da solução Network Performance Monitor que irá lhe auxiliar.

Primeiro momento, iremos criar uma view que irá receber este recurso, para isso clique em ‘Settings‘ no canto superior direito da tela, localize “Add New View” e clique.

sw_1

Dê um nome para a sua nova view e em seguida selecione o tipo da view (“Type of View”) que deseja criar e clique em “Submit” para adicionar uma nova view. Neste caso iremos criar a view do tipo Sumario.

Nesta tela onde é possível editar, o nome da view(Name), a largura das colunas (Column Width), os recursos presentes em cada coluna e as limitações da view. Caso deseja ver as informações de suas interfaces em um telão selecione a opção Enable NOC view mode.

 

sw_2

Iremos utilizar o recurso ‘Top 10 Erros & Discards Today’, onde iremos visualizar as principais interfaces que estão com erros e descartes.

 

sw_3

Feito isso, você poderá visualizar as principais interfaces que estão causando estes erros e descartes, além do dispositivo que cada uma pertence, o número de transmissão e recebimento.

sw_4

Se adorou nossa dica e gostaria de obter mais conhecimento sobre nossa solução, entre em contato conosco, para que possamos auxiliar.

Até a próxima!

Importante!

Por se provar uma produto mais estável, completo, confiável com maiores possibilidades, nos recomendamos que você experimente e substitua o produto acima pelo OpManager, da ManageEngine.

Para realizar o download gratuito do OpManager: http://acsoftware.com.br/download_manageengine.php?produto=18&tool=http://www.manageengine.com/network-monitoring/download.html

Para conhecer mais sobre o OpManager veja a demo online: http://demo.opmanager.com/LoginPage.do

Vendas: (11) 4063 9639